2

Mais do que um desporto

1

Vem aprender a velejar

3

Um clube para servir a região

Escola Náutica de Recreio

A Escola de Navegação de Recreio do CVCN, certificada pela DGRM (Despacho 09/EFNR/99), dá formação para todas as categorias de NAVEGADOR de RECREIO e está credenciada para as seguintes categorias:

– Marinheiro
– Patrão Local
– Patrão de Costa
– Patrão de Alto Mar

– Operador Rádio Telefonista da Classe A – VHF
– Operador Rádio Telefonista

 

Coordenação Técnica e Pedagógica

Comt. António Manuel Silva

Artº31 RNR anexo do Dec. Lei 124/2004 Categorias de Navegador de Recreio

Carta de Marinheiro: Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Marinheiro emitida pela DGRM (Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos). Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio até 7 m de comprimento em navegação diurna à distância máxima de 3 milhas da costa e de 6 milhas de um porto de abrigo, com os seguintes limites:
1) Titulares dos 14 aos 18 anos: embarcação de recreio de comprimento até 5 m com potência instalada até 22,5 kW;
2) Titulares com mais de 18 anos: Embarcação de recreio até 7 m com potência instalada até 45 kW;
3) Titulares com mais de 16 anos: motos de água e pranchas motorizadas de qualquer potência.

Carta de Patrão Local: Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Patrão Local emitida pela DGRM. Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio a navegar à vista da costa até uma distância máxima de 10 milhas de um porto de abrigo e de 5 milhas da costa.

Carta de Patrão de Costa: Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Patrão de Costa emitida pela DGRM. Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio a navegar até uma distância da costa que não exceda 25 milhas.

Carta de Patrão de Alto Mar: Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Patrão de Alto Mar emitida pela DGRM. Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio a navegar sem limite de área.

Carta de Operador Radiotelefonista Categoria A (Operação de Rádio VHF): Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores da Carta de Operador Radiotelefonista Categoria A emitida pela DGRM. Esta carta confere ao seu titular competências para operar o equipamento radiotelefónico VHF em embarcações regionais, locais e costeiras. Esta licença tem validade em território nacional e tem de ser renovada de 5 em 5 anos, sendo para isso necessário proceder à frequência de um Curso e obter aprovação no Exame subsequente.

Carta de Operador Radiotelefonista Geral (Operação de Rádio VHF, MF e HF): Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores da Carta de Operador Radiotelefonista Geral emitida pela DGRM. Esta carta confere ao seu titular competências para operar o equipamento radiotelefónico VHF em todo o tipo de embarcações equipadas com o GMDSS e ainda nas bandas de ondas hectométricas (MF). Esta licença é vitalícia e tem âmbito internacional.

Artº31 RNR anexo do Dec. Lei 124/2004 Categorias de Navegador de Recreio

 

Carta de Marinheiro:
Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Marinheiro emitida pela DGRM (Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos). Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio até 7 m de comprimento em navegação diurna à distância máxima de 3 milhas da costa e de 6 milhas de um porto de abrigo, com os seguintes limites:
1) Titulares dos 14 aos 18 anos: embarcação de recreio de comprimento até 5 m com potência instalada até 22,5 kW;
2) Titulares com mais de 18 anos: Embarcação de recreio até 7 m com potência instalada até 45 kW;
3) Titulares com mais de 16 anos: motos de água e pranchas motorizadas de qualquer potência.

 

Carta de Patrão Local:
Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Patrão Local emitida pela DGRM. Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio a navegar à vista da costa até uma distância máxima de 10 milhas de um porto de abrigo e de 5 milhas da costa.

 

Carta de Patrão de Costa:
Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Patrão de Costa emitida pela DGRM. Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio a navegar até uma distância da costa que não exceda 25 milhas.

 

Carta de Patrão de Alto Mar:
Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores de Carta de Patrão de Alto Mar emitida pela DGRM. Esta carta possibilita aos detentores o comando de embarcações de recreio a navegar sem limite de área.

 

Carta de Operador Radiotelefonista Categoria A (Operação de Rádio VHF):
Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores da Carta de Operador Radiotelefonista Categoria A emitida pela DGRM. Esta carta confere ao seu titular competências para operar o equipamento radiotelefónico VHF em embarcações regionais, locais e costeiras. Esta licença tem validade em território nacional e tem de ser renovada de 5 em 5 anos, sendo para isso necessário proceder à frequência de um Curso e obter aprovação no Exame subsequente.

 

Carta de Operador Radiotelefonista Geral (Operação de Rádio VHF, MF e HF):
Os alunos que tenham aproveitamento ficam detentores da Carta de Operador Radiotelefonista Geral emitida pela DGRM. Esta carta confere ao seu titular competências para operar o equipamento radiotelefónico VHF em todo o tipo de embarcações equipadas com o GMDSS e ainda nas bandas de ondas hectométricas (MF). Esta licença é vitalícia e tem âmbito internacional.

bg

Requisitos para a frequência

Artº35 RNR anexo do Dec. Lei 124/2004
Frequência de cursos e exames

a) Ter, no mínimo, 8, 14, ou 18 anos de idade, conforme pretendam obter, respectivamente, as cartas de principiante, de marinheiro ou de patrão, devendo para tal:
Saber ler e escrever, para efeitos de admissão aos cursos de principiante e marinheiro;
Ter a escolaridade mínima obrigatória reportada à data do seu nascimento, para admissão aos cursos de patrão, local ou costa ou alto mar;

b) Fazer prova de saber nadar para o primeiro curso que frequentem (principiante, marinheiro ou patrão local);

c) Possuir, há mais de um ano, categoria imediatamente inferior, para admissão aos exames de patrão de costa ou de patrão de alto mar;

d) Ter a respectiva autorização paternal, quando forem menores de 18 anos;

e) Possuir aptidão física e mental para o exercício da navegação de recreio, comprovada por atestado médico passado nos seis meses anteriores à data da admissão ao respectivo curso.

 

As inscrições e todas as informações inerentes a estes cursos podem ser obtidas diretamente na Secretaria do Clube.
A Escola Náutica de Recreio do CVCN está aberta a todos os candidatos a navegadores de recreio, oferecendo condições especiais para os associados do Clube.

Parceiros